• NEWS

Uma porta que se fecha é uma janela que se abre

É o artigo de opinião da nossa planner, Matilde Gomes, enquanto ao futuro das agências de publicidade numa fase pós-pandemia.


Enquanto “tele-trabalho-agências”, parece que estávamos mais preparados para tudo isto do que se pensava. 


As equipas continuaram a trabalhar com eficácia, tanto por brio profissional, como por um sentido de missão. Sentiram-se dificuldades óbvias, resultantes de movimentos de reajuste e lay-off. A incontornável procura por um equilíbrio entre a produtividade e o bem-estar pessoal foi outra dificuldade. Mas foram dificuldades que acabaram também por estimular. A opinião generalizada dos anunciantes é que puderam contar com as suas agências de publicidade como nunca antes.

Aos nos darmos conta das novas dificuldades, também nos recordámos do velho ditado “uma porta que se fecha é uma janela que se abre”.


Continue a ler o artigo na Briefing


#artigodeopinião #agênciaspospandemia #lolanormajean #newsjulho2020